um pouquinho de Paris

Paris - Arco do Triunfo

Estou de férias não-planejadas em Paris.

É, digo não-planejadas porque resolvi vir pra cá no dia 29 de Dezembro, comprei a passagem e embarquei no avião no dia seguinte. Logo, tive menos de 24 horas para planejar, reservar hotel e fazer as malas! (Já que aqui está um super inverno).

Mas deu certo. Muito certo, por sinal. Cheguei em Paris algumas horas antes da meia-noite do dia 31 de Dezembro, deu tempo de passar a virada nas ruas lindas da cidade e ainda ver “a torre que pixca” (2014 chegou e eu continuo com essa piada).

Essa é a segunda vez que venho para Paris, mas continuo encantada a cada rua, estação de metrô e boulangerie que entro. Ainda tenho mais alguns dias de férias, estou aproveitando a viagem pra passear, comer, conhecer mais do dia a dia dos parisienses e me inspirar bastante para aprender umas receitas novas pro Torrada Torrada :)

Aproveitei pra gravar algumas coisas, quando voltar pra São Paulo vou editar um vídeo pra vocês verem! Enquanto não fica pronto, vou mostrar um montão de foto de tudo que achei legal: baguetes, queijos, temperos, paisagens, arte, doces e mais baguetes!

Paris e a torre que pixca,

Paris: baguete e queijos

Paris_queijos

Paris: Jardim de Versailles

Paris: Croissants

ParisParis_LouvreParis_artes 

Paris: Paul, a padaria tem-que-ir

Paris: Temperos na galeria La Fayette

IMG_7474b

paris_versailles

 Au revoir!

Ps: não é pra se contagiar com o frio das minhas férias viu? Segunda-feira tem mais um vídeo novo com receitinha de verão no Torrada Torrada ;)

3 comentários em “um pouquinho de Paris

  1. Você esqueceu de comentar que férias não programadas são para milionários. O post ficou bem legal, mas como você me deu o cabimento de comentar, achei muita concentração em fotos de comidas; poderia também ter de parisienses distraídos, uma grande angular dentro de um restaurante, pessoas fazendo trabalhos comuns (coletando lixo p.ex.), casas comuns etc. Achei a primeira foto (daquela meninona parisiense), desnecessária (MUITO)! Quem é ela? Aquele quadro parece com os de Michelangelo, mas uma enxerida acabou, sem querer, introduzindo o punctum de Barthes (isso não foi um elogio!).

  2. Pingback: mais um pouquinho de Paris (e algumas dicas) | Torrada Torrada

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: