Alô, alô! Lollapalooza chegando.

Como todos sabem, ou deveriam saber, o Lollapalooza Brasil está chegando!

Nos dias 28 e 29 de março um dos melhores e maiores festivais do mundo realiza sua quarta edição brasileira, no Autódromo de Interlagos, em São Paulo. Mais de quarenta atrações em dois dias de festança: artistas nacionais e internacionais sobem aos palcos para apresentações memoráveis a milhares de fãs.
Os principais nomes convocados para o festival são Jack White, Calvin Harris, Pharrell Williams, Robert Plant, Skrillex e The Smashing Pumpkins. Mas nenhum desses nomes está na minha lista de prioridades, as minhas prioridades eu te conto quais são:

lolla1- Vou começar pela brasileiríssima Boogarins, que vem de Goiás. Em 2014 vi dois shows dos caras e fiquei muito feliz em ver uma banda brasileira tão poderosa no palco. Pra quem ainda não conhece o Boogarins basta saber que são uma banda de rock pscicodélico e que são ótimos. Recomendo “Lucifernandis” o “maior hit” (se podemos assim chamar) dos goianos:

2- Outro show que recomendo é do SBTRKT – se você não conhece a pronuncia correta é “subtract”. O SBTRKT é o nome do projeto musical de Aaron Jerome um inglês gênio que se apresenta sempre com uma máscara bem louca e fez remixes de músicas de bandas como Radiohead, M.I.A. e Mark Ronson.  Com dois álbuns lançados, o mais recente de 2014 intitulado “Wonder Where We Land” é um dos melhores do ano passado.

NEW YORK. NEW DORP” é uma das melhores faixas do álbum, o vocal fica por conta de Ezra Koenig do Vampire Weekend.

3- Outro show que recomendo é o de Childish Gambino, rapper que é também ator, produtor, comediante e escritor. O último trabalho do rapper é o EP “Kauai” que traz a música “Sober” um r&b romântico delícia de ouvir.

4- O prêmio do Grammy de Melhor Álbum alternativo desse ano foi para St. Vincent, o projeto da bela (que no palco vira uma fera) Anne Clark. A norte americana ainda não é muito conhecida no Brasil mas já lançou quatro álbuns, um deles é o “Love This Giant”, lançado em 2012 com nada menos que o mestre David Byrne.

Amigos que já viram performances ao vivo de Clark disseram que ela se transforma no palco, sua apresentação é incrivelmente energética – o que faz todos os minutos valerem a pena. “Surgeon” é minha a favorita, ela está no álbum “Strange Mercy” de 2011 , mas deixo vocês com o clipe de “Digital Witness” uma das preferidas de seu trabalho mais recente:

5- E vem de Leeds, na Inglaterra, uma das bandas mais interessantes de indie rock dos últimos anos: Alt-J. O caras se consagraram logo no primeiro álbum, o aclamado “An Awesome Wave”, que levou o Mercury Prize de 2012 pra casa. Gosto muito desse trabalho e pensei que seria muito difícil eles lançarem um álbum novo a altura, mas ano passado “This Is All Yours” veio e se mostrou honesto, cheio de ótimas músicas (apesar de contar algumas medianas). Mas o que interessa é que o show da banda é muito bem construído, já que criam uma atmosfera “gelada” e intensa nos palcos. “Every Other Freckle” é das melhores faixas de 2014.

Não sei vocês, mas eu já vou começar a montar todo meu cronograma para os dias de show: fui!

Para mais informações: http://www.lollapaloozabr.com

postado por ISADORA

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: