Nosso blog está em manutenção...

Estamos preparando algumas novidades para vocês. Obrigado pela paciência :)

close ic

Trancoso: todas as dicas que você precisa e os melhores restaurantes!

Dicas preciosas pra quem quer conhecer os melhores cantinhos dentro e fora do Quadrado de Trancoso.

Trancoso fica na Bahia, a mais ou menos 1h15 de carro de Porto Seguro. É um distrito pequeno, com mais ou menos 10 mil habitantes (ou seja, “todo mundo se conhece”). Dentro do famoso Quadrado tudo parece uma pintura: casinhas coloridas, igrejinha ao fundo, muito verde e logo ali um pouquinho mais pra frente tem o mar.

Fiquei hospedada por lá durante 5 dias, o suficiente pra me apaixonar e não querer mais ir embora. Deu pra desbravar a culinária, a beleza local e os rolês não turísticos.

Ficam aqui então as minhas melhores sugestões pra quem quer curtir uma viagem MASSA:

Onde me hospedei?

UXUA Casa Hotel & Spa:

O UXUA é incrível! Absolutamente impecável! Decoração rústica, muito verde, muita madeira. O atendimento dos concierges é 5 estrelas!

Eles têm dois tipos de hospedagem:

♡ opção 1:  UXUA CASA, HOTEL E SPA (casinhas que ficam dentro do Hotel)

  • são 11 casinhas (to sendo injusta de chamar de casinha, porque na real são uns CASÃO DA PORRA), que variam entre 1, 2 ou 3 suítes. Os cômodos das casas variam de acordo com o número de pessoas que se hospedará lá. eu, por exemplo, vivi duas experiências:

fiquei no Quintal da Glória: uma casinha com 80m2, uma cama de casal, varanda bem grande, cozinha completinha, banheiro gigante (interno/externo). Tudo lindo, bem rústico, suficiente pra um casal ou dois migues (que estejam dispostos a dividir uma cama de casal).

e também fiquei na Eugênia: uma casinha ~nada humilde~ com 228m2, 2 suítes (a do térreo tem banheira), uma sala gigantesca, piscina aquecida privativa, cozinha com abertura pra varanda (dá pra cozinhar conversando com a turma que estiver sentada ali). Dá vontade de morar! Aí cabem 2 casais!

  • todas as casinhas têm ar condicionado;
  • toda noite as camareiras entram pra fechar as janelas e os mosqueteiros das camas (se não entra muito pernilongo);
  • cada casa tem seu wifi;
  • você ganha um chinelinho personalizado do UXUA;
  • da janela do quarto ou na área comum é possível ver macaquinhos;
  • você pode pedir serviço “de quarto”, almoço, jantar, lanche, drinks e etc.;
  • mesmo se sua casinha tiver piscina (ou se não tiver), você pode usar a piscina do hotel (que é livre pra todo mundo que estiver hospedado lá);
  • no pacote está incluso o café da manhã do hotel, que é típico baiano, frutas tropicais, tapioca feita na hora (é só você pedir pros atendentes), sucos, doces, café fresquinho, queijos e o montão de opções gostosas;
  • lá tem uma lojinha com produtos lindos feitos à mão (o preço é salgado, mas é algo que você não vai ver em outro lugar);
  • o serviço de praia é uma delícia: sofás bem espaçosos (pra cada pessoa que estiver hospedada), almofadas, esteira, guarda sol – um luxo só. Tem o bar do UXUA mesmo, se quiser drinks e comidinhas é só só pedir pro garçom;
  • virado pro Quadrado, dentro do hotel mesmo, fica o restaurante do UXUA, que VALE A VISITA (explico melhor lá embaixo quando eu falar dos restaurantes ;)).

♡ opção 2: UXUA ALMA (casas no quadrado de Trancoso administradas pelo UXUA)

  • são 7 casas distribuídas pelo Quadrado, que variam entre 2, 3, 4 e 5 suítes.
  • as casas têm donos, mas quem administra, cuida e aluga é o pessoal do UXUA. O que isso significa? elas tem basicamente a mesma estrutura e assistência das casas que ficam dentro do hotel: serviço de quarto, wifi e segurança 24h (têm câmeras na entrada). Mas não se tem acesso ao hotel.

Eu fiquei na Casa Mirante 260m2, 4 suítes, piscina, jardim vasto, estacionamento e uma super cozinha equipada. A casa fica bem no começo da estradinha que desce pra praia (mas tem um portão que dá pro Quadrado também), é bem espaçosa, e segue o mesmo estilão rústico das casas do UXUA. Essa compensa levar uma galera!

Não consigo falar sobre valores, porque fiquei hospedada à convite do pessoal do próprio UXUA, já adianto que não é nada barato, mas vale CADA centavo. Nunca tive uma experiência tão gostosa em relação à hospedagem, e olha que eu já viajei muito.

Mais infos:

http://uxua.com/

Restaurantes com os melhores lanchos!

Restaurante da Silvana:

Do ladinho do UXUA, fica o restaurante da Silvana, como muitos ali, as mesinhas ficam no gramado do Quadrado, clima delícia, silêncio, e muito verde em volta. Comi um BOM Bobó de Camarão (dá pra 2/3 pessoas) que acompanha arroz. Comida mega ultra saborosa. Peça uma caipirinha que orna muito bem ;)

A conta saiu por R$234 pra 2 pessoas, que é a média de valor dos restaurantes que ficam dentro do Quadrado. Não é barato, mas no caso desse restaurante, compensou pelo sabor e atendimento.

Mais infos:

http://www.silvanaecia.com.br/

Praça São João, 150 – Quadrado

UXUA:

Além do hotel ser incrível, o restaurante têm pratos surrealmente saborosos, cheios de carinho e dedicação, criados e executados pela chef Juliana Pedrosa (uma carioca GENTE BOA, que antes de se apaixonar e mudar pra Bahia, adquiriu experiência em um dos meu restôs favoritos de SP, o Manioca). A Ju faz uma Moqueca que eu nunca na vida tinha comido igual, leve, saborosa e bem temperada. A farofa de banana foi amor à primeira vista <3 hahaha toda quarta-feira rola uma criação diferentona da Ju, que não está no cardápio. De resto, é aquela comida tradicionalzona da Bahia, com um toque especial de Juliana. *Quem quiser fazer aula e aprender a Moqueca dela, super rola! É só conversar e combinar com o pessoal do hotel. Ah! O Uxua tem sorvetes caseiros também, que são delícia! Comi um de coco com limão, que sei lá, maravilhoso! <3

Mais infos:

http://uxua.com/

La Cevicheria:

Um restaurante que fica fora do Quadrado de Trancoso, portanto mais barato, mas ainda assim gostoso. Quem nos levou foi um pessoal que mora lá mesmo e frequenta toda semana. O dono é gente boa, e quando fecha o restaurante, ele abre pros amigos fazerem um churrasquinho raiz. Pedi o carro chef deles, que é o trio de Ceviches com Chips de Banana da Terra. Bom, bonito e barato! A cerveja tem um preço bom e vem tricando =) Gastamos em duas 95 reais (mas a gente bebeu bem!).

Mais infos:

https://www.instagram.com/lacevicheria_trancoso/

Estr. de Trancoso, 58

El Gordo:

O El Gordo é um hotel, mas também tem o restaurante aberto ao público. Diferente dos outros restaurantes do Quadrado, as mesinhas ficam dentro do hotel, com uma vista de tirar o fôlego pro mar. Parece ser melhor do que realmente é. A entradinha com pães, azeitonas e manteiga é gostosa, porém os pratos principais deixaram a desejar. Peixe com espinhos, bacalhau enjoativo. Nada horroroso, mas não vale os R$284 que pagamos. Minha dica: vá lá só tomar um drink e apreciar a vista ;)

Mais infos:

http://elgordotrancoso.com.br/pt-br

Praça São João, 7,  Quadrado

Restaurante Vitoria:

Mesma vibe do Uxua e do Silvana, mesinhas na grama, comida típica baiana, mas com o diferencial da música ao vivo e dos pratos individuais. Pedi casquinha de siri de entrada a estava uma delícia. O prato de camarões à provençal vem uma BOA dose de camarões grandes, vale o preço! A comida é honesta e os pratos bem servidos. O valor permanece naquela base dos 200 e poucos reais. 

Mais infos:

https://www.facebook.com/Restaurante-Vitoria-280158792083000/?rf=239793672742005

Praça São João, 315 – Quadrado

Jacaré Brasil:

Macarrão com Ragu de Fraldinha de comer rezando. Se você quer drinks, um barzinho pra curtir e boas comidas, Jacaré é uma boa opção diferentona que fica lá no comecinho do Quadrado. O restaurante mais caro que a gente visitou, mas tem personalidade e foge um pouco dos moldes dos tradicionais baianos. Vale a visita, mesmo que seja só pra petiscar ;))

Mais infos:

https://www.jacaredobrasil.com.br/

Rua Carlos Alberto Parracho, 121 – Quadrado

Capim Santo:

O famoso Capim Santo de São Paulo nasceu em Trancoso. Além da matriz, tem uma pousada super charmosinha. Fica no Quadrado, mas em uma vilinha mais escondida. Eu fui só jantar, o lugar é agradável, tem música ao vivo, e a luz é baixa. Não dá pra sair de lá sem tomar a caipirinha de Capim Santo. Os pratos são leves e delicados. Vale pedir os peixes em suas diversas formas. O valor entra na média dos quase 300 reais.

Mais infos:

http://www.capimsanto.com.br/trancoso/#!/capimsanto

 Rua do Beco 55 – Quadrado 

O que não dá pra deixar de fazer em Trancoso?

Point Sol:

Toda sexta-feira tem forró no Point Sol (aquele rolê RAIZ mesmo), e a cidade inteira se reúne lá pra dançar e tomar Netuno (tipo uma Catuaba com um PLUS de Gengibre). Abre 23h30 (depois que tudo fecha no Quadrado), o bicho começa a pegar lá para 1h da manhã e vai até o sol raiar. Vale pra conhecer os nativos e soltar o esqueleto.

Mais infos:

https://www.facebook.com/POINTSOLTRANCOSOCAFEBAR/

Estr. de Trancoso, 191

Tapioca da Elma:

No comecinho do Quadrado (quando você está chegando) dá pra ver os carrinhos de tapioca, vá direto na da Elma, que é mais famosa e gostosa. Experimente as de carne seca e queijo coalho que não tem erro. O erro está na de catupiry (não é catupiry de verdade, então não se atreva). A pasta de berinjela defumada é a assinatura da Elma. Os sabores que experimentei e mais curti foram Jussara e Maíra. Não lembro direito o valor, mas estava numa média de R$15 por tapioca.

Dicas extras:

  • pra chegar em Trancoso, se você vier de avião e parar em Porto Seguro, você tem algumas opções: alugar um carro, pegar um transfer ou motorista, ou vá de ônibus. Eu optei pelo motorista Mázinho, que me foi mega recomendado e é super conhecido na cidade;
  • se puder escolher uma data pra visitar Trancoso, não vá em Julho, é uma das poucas épocas que chove e chega até fazer um pouquinho de frio – mas ainda assim, em qualquer mês do ano, passe muito protetor, afinal estamos falando do calor da Bahia, né nego?!
  • visite a igrejinha e faça 3 pedidos;
  • encontre a Cris das Pulseiras, e ouça o que ela tem pra falar sobre o seu signo e os astros. Aproveite pra levar uma pulseirinha que ela faz de lembrança – ela vai te mostrar as melhores pedras pra balancear sua energia;
  • visite as praias mais próximas, a do Espelho (quando não estiver chovendo) e Caraíva, dizem que a beleza é surreal e é relativamente perto (de 45 minutos a 1 hora);
  • a maior e melhor de todas as dicas: VÁ! De coração! É um lugar apaixonante, com comida boa, gente linda, leve e divertida. Quer deixar os problemas pra lá? Se joga em Trancoso! E sorria ao chegar na Bahia! <3

Dá o play no vídeo pra ver a minha experiência completa por lá!

Curtiu? Tem mais dúvidas ou curiosidades? Comenta no vídeo que eu te respondo =)

Beijo beijo