Nosso blog está em manutenção...

Estamos preparando algumas novidades para vocês. Obrigado pela paciência :)

close ic

LIMA: o que fazer e onde comer na capital Peruana.

Se você está indo para Lima pela primeira vez, aqui vai encontrar as melhores dicas para curtir sua viagem :)

Fui com uma amiga para Lima esse ano, ficamos poucos dias mas demos aquele jeitinho-brasileiro de conhecer um pouco de tudo! Aqui nesse post vou contar para vocês onde me hospedei, quais os melhores bairros, restaurantes e os passeios que você não pode perder!

Está programando sua viagem? Então primeiramente, algumas infos basiquinhas (porém essenciais)!

  • A moeda utilizada no Peru é o Novo Sol.
  • 1 sol = 0,85 centavos (Conversão feita pelo Banco Central do Brasil em junho de 2018)
  • a língua oficial é o Espanhol
  • a voltagem padrão é 220V
  • fuso horário = – 2 horas  do horário de Brasília (essa diferença pode variar durante o horário de verão).
  • Como eu não fico sem internet, logo no aeroporto fui no stand da Claro e comprei um CHIP de internet ilimitada para todos os dias da viagem por $54 dólares (7 dias no Peru).
  • Não vale a pena alugar carro em Lima. Táxi é barato e existe a opção do uber!
  • Se você pegar um táxi na saída do aeroporto até o centro de Lima, vão te cobrar em média $60 soles.

Documentação necessária:

  • Brasileiros que viajam a negócios ou turismo e permanecem até 90 dias em viagem não precisam de visto para entrar no território peruano.
  • Não é obrigatório ter passaporte, você pode utilizar apenas o RG para a Imigração.
  • Você pode fazer a imigração levando qualquer um desses documentos dentro do prazo de validade: Passaporte ou RG.
  • É necessário levar o Certificado Internacional de Vacinação e Profilaxia (CIVP) e ter a vacina da Febre Amarela válida. No final do post eu explico melhor o procedimento! 

Onde me hospedei?

Hotel Tierra Viva Miraflores Mendiburu:

O Hotel Tierra Viva Miraflores Mendiburu é super novo, recém inaugurado e uma ótima opção custo-benefício. Fica no bairro de Miraflores, bem localizado, o atendimento é ótimo e tem café da manhã bem honesto!

O meu quarto era bem grande, completinho (tinha secador de cabelo, ufa) e a cama delícia! he he  

Calle Mendiburu, 1075 – Miraflores – Lima, Peru | Tierra Viva Hoteles 

Preço: diária de quarto duplo a partir de R$ 259,00 (Cotação do mês de Junho de 2018)

Casa Suyay

No último dia em Lima precisávamos de um hotel para passar o dia, antes de ir pro aeroporto. Achamos o Casa Suyay pelo Booking.com, o que chamou a atenção foi a localização e o preço! Chegando lá nos surpreendemos com o atendimento e também com o café da manhã, que estava uma delicinha. Os quartos são bons e limpinhos, bem básicos apesar da decoração toda do hotel ser mais rústica.
Não tem elevador, mas o máximo que você vai subir são dois lances de escada. Eu gostei muito da vibe e do mood desse hotel, achei uma opção bem bacana :)  

Calle Esperanza, 144 – Miraflores- Lima, Peru | Casa Suyay (link do booking aqui

Preço: Diária de quarto duplo a partir de R$ 197,00 (Cotação do mês de Junho de 2018)

Bairros que você precisa conhecer!

Miraflores: É conhecido como o destino preferido dos turistas em Lima. Isso porque muitos consideram esse como o bairro mais charmoso e bonito da capital Peruana. E mesmo não sendo a região de Lima com mais pontos turísticos, é com toda a certeza um lugar muito agradável para bater perna e conhecer toda sua badalação.

Eu tive a impressão que tudo acontece em Miraflores – e se não acontece, está bem próximo dali!

Barranco:  é o bairro mais boêmio de Lima, conhecido pelos barzinhos (oie Pisco Sour!) e uma vida noturna agitada. É aquele lugar bem moderninho, que junta a turma alternativa, os artistas e o pessoal que adora curtir a vida adoidado. Se quiser um rolê artsy por lá, tem o Museo Mario Testino. Museu todinho dedicado ao fotógrafo de moda peruano.

Mesmo se a sua intenção não for cair na farra, vale a pena passear por lá, tomar uma cerveja peruana, um Pisco Sour e curtir a vibe :)

Malecón | Lima, Peru

O que não dá pra deixar de fazer em Lima?

Malecón (aka beira-mar)

Malecón é a avenida beira-mar, mas no caso de Lima por ter alguns bairros no alto das falésias, essa avenida fica bem no alto, com vista panorâmica para a praia e a costa do pacífico. O que eu mais gostei de passear por ali é porque é tudo super bem cuidado, com jardins, áreas de lazer, quadras, cafés e muitas praças. Eu cheguei ali pelo bairro Miraflores e fui andando, andando…por mais de uma hora, até chegar no Parque del Amor.

Acho que foi um dos lugares que mais gostei em Lima, sinceramente. Uma atmosfera muito boa e tranquila :)

Parque Del Amor

O Parque del Amor é conhecido como o local mais romântico de Lima. Esse parque a beira-mar possui um muro desenhado com um lindo e colorido mosaico de azulejos, formando várias frases de amor. É neste parque também que encontramos a escultura “El beso” do artista peruano Victor Delfin, essa obra possui 12 metros de comprimento, 3 metros de altura e retrata dois jovens amantes se beijando. Se você estiver passando por lá no fim da tarde, não deixe de ver o pôr do sol com uma linda vista para o Oceano Pacífico.

Malecón Cisneros – Miraflores 15074 – Lima, Peru.

Preço: a entrada para o Parque é gratuita | funcionamento: 24 horas.

Museu Larco Herrera

O Museu Larco é um dos mais importantes de Lima e um dos melhores da América do Sul para quem gosta de arqueologia, ele conta a história das civilizações pré Incas que habitaram o território peruano. A visita guiada vale a pena, principalmente para entender o contexto de cada objeto do lugar (importante: você consegue agendar uma visita guiada em português!).

A parte externa do museu é bem lindinha, com um jardim florido e um restaurante para fazer uma pausa ;)

Avenida Simón Bolivar, 1515 – Pueblo Libre 15084 – Lima, Peru.

http://www.museolarco.org

Infos: das 9 am às 10 pm | Preço: Sol 30,00 

Centro Histórico de Lima

Com certeza tem que estar no seu roteiro! Casarões, igrejas, praças e museus que fazem parte da história da colonização espanhola no Peru. O centro histórico de Lima é Património da Humanidade da UNESCO e vale muito uma visita!

Morro Solar

Se você quer ter uma vista panorâmica e bem show de Lima, vá até o Morro Solar. Fica próximo ao Bairro Barranco, só subir o morro na ponta da praia e apreciar a vista. Não tem entrada, é aberto ao público.

Foi um dos lugares que eu mais gostei :)

Morro Solar – Lima, Peru

Ponte dos Suspiros
Suspensa a oito metros do chão, a passarela tem 44 metros de extensão e une as ruas Ayacucho e Hermita. Dizem que quem a atravessa num só fôlego tem um desejo realizado. Então prende a respiração, faz o desejo e vai que vai!

Barranco 15063 – Lima, Peru.

Huaca Pucllana

Huaca Pucllana é um sitio arqueológico que fica bem ali no centro de Lima, com certeza uma das atrações mais surreais da cidade! O lugar passou por uma restauração 30 anos atrás e perdeu um pouco do seu espaço original, mesmo assim, o que está conservado é incrível e vale demais a visita!

Um conselho: fazer uma visita guiada para poder entender e absorver toda a história do lugar.

Outro conselho: tem um restaurante lindão dentro do parque arqueológico, se quiser gastar uns soles a mais para uma experiência diferentona, faça sua reserva! Ps: eu não fui no restaurante mas de todas as dicas de quem foi, vale a pena pelo passeio.

Cuadra S/n, Calle General Borgoño 8 – Miraflores – Lima, Peru. 

http://huacapucllanamiraflores.pe

Preço: Sol 12,00  | Horário funcionamento: 9 am às 5 pm. Atenção: não abre às terças-feiras!

Punta Hermosa 
Se você está afim de sair um pouco de Lima e ir para o sul, um lugar que visitamos e gostei muito foi a praia Punta Hermosa – destino certeiro dos surfistas!

A orla é pequena e todas as casinhas são brancas, um lugar extremamente charmoso. O dia que fomos, tinha uma neblina bem densa – deixando a paisagem super bucólica.

Fica aproximadamente 01 hora de carro do centro de Lima.

Punta Hermosa

Onde comer em Lima?

La Mar:  É um daqueles lugares que você vai ter que ir em Lima. Moderninho e com um astral mais badalado, o restaurante é especializado em frutos do mar à moda peruana. Ou seja, você vai encontrar ceviches, tiraditos e causas!

Nós pedimos uma degustação de ceviches e tiraditos de polvo (estava muuuito bom). Uma opção legal é a Plancha de Frutos do Mar – SENSACIONAL. Gostei do ambiente, adorei a comida porém o preço é um pouco salgado.

Dica: chega cedo! Meio dia em ponto – depois começa a formar fila!

Avenida La Mar, 770 – Miraflores – Lima, Peru.

http://www.lamarcebicheria.com/es/Lima

 

La Lucha Sangucheria: É um lugar simples, para comer sanduíche mas VOCÊ PRECISA IR. Primeiramente porque nunca vi um lugar ser tão indicado (sério mesmo, recebi muitas indicações). Segundamente: eu amei tanto que voltei DUAS VEZES. Ou seja, o tempo que passei em Lima foi praticamente gasto comendo sanduíches no La Lucha.

O pão é feito por eles mesmos, os sucos são feitos com frutas fresquinhas, e os ingredientes são todos naturais, tudo é preparado na hora e o preço é super show! Ahhh, rolam boatos que tem a melhor batata frita do mundo, infelizmente estava em falta quando fui :(

É uma rede, então você vai achar em vários endereços – tem até no aeroporto de Lima. Não tem desculpas para não experimentar. Mesmo.

Avenida Diagonal, 308 – Miraflores – Lima, Peru. Ps: eu fui nessa unidade mas no site você encontra todos os endereços.

Site: https://lalucha.com.pe

Restaurant Sônia: Comida peruana tradicional real-oficial. Receitas antigas e tradicionais de uma casa de pescadores.

O restaurante fica numa casa, então se assusta a hora que chegar, se achar que está no lugar errado. Toca a campanhia que depois que a porta abrir um novo mundo irá surgir na sua frente. É aquele lugar clássico que as famílias locais vão almoçar no domingo, sabe? Tudo ali é muito fresco e delicioso. 

Dica: é necessário fazer reserva!

Agustin Lozano La Rosa, 173 – Distrito de Chorrillos – Lima, Peru.

http://www.restaurantsonia.com.

Restaurant Sônia

Canta Rana: Parece um boteco, bem simples! O atendimento é bom e as comidinhas deliciosas! Lá você vai encontrar a famosa comida CHIFA – que é uma fusão da culinária peruana com chinesa. É muito popular em Lima, principalmente a CHAUFA: arroz com frutos do mar, ovo e pedaços de peixe frito, salteados na wok. MUITO BOM <3

Ah, e eu AMEI os ceviches que pedimos, acho que um dos melhores da viagem! Ps: A cerveja é super gelada!  

Genova, 101 – Barranco –  Lima, Peru.

Canta Rana

Aqui um mapa com todos os lugares que eu indiquei:

Dicas extras:

  • você encontra caixas eletrônicos nas ruas principais e dentro de shoppings.
  • uma opção para saques é o Banco de la Nación ( não cobra taxas para a retirada).
  • o trânsito é caótico, lento e cheio de buzinas. Uma grande bagunça sim. Faça  bem o cálculo de tempo dos seus roteiros de passeios levando em consideração alguns engarrafamentos…
  • Se quiser mais dicas, a Beatriz Kuntz tem um blog bem show apenas sobre Lima: Se está a pensar viajar para Lima, conheça o excelente trabalho da Beatriz Kuntz em www.cupofthings.com

Para conseguir o Certificado Internacional de Vacinação e Profilaxia (CIVP) são necessários alguns procedimentos:

  1. Tomar a vacina exigida – a vacina contra febre amarela deve ser tomada com antecedência de, no mínimo, dez dias antes da viagem
  2. Realizar o pré-cadastro no SISPAFRA
  3. Comparecer ao estabelecimento que emitirá o certificado
  4. Apresentar a documentação necessária para emissão do CIVP. (Dica: alguns locais já fazem a vacinação junto com a emissão do certificado na mesma hora, facilitando o processo todo). Para mais informações: http://www.anvisa.gov.br/viajante.
Lima – Peru

Lima é uma cidade grande com muita história e muita coisa para fazer, principalmente se você gosta de lanchos e se jogar na gastronomia. Eu fiquei poucos dias e saí com a sensação que precisaria de mais algumas refeições para ir em todos os restaurantes que queria. Quem sabe uma próxima vez né? He he

Quem quiser acompanhar um pouco como foi essa viagem, só dar play no vídeo:

Espero que tenham gostado e até a próxima viagem!

Beijo beijo