Nosso blog está em manutenção...

Estamos preparando algumas novidades para vocês. Obrigado pela paciência :)

close ic

Salzburg: tudo sobre a cidade mais charmosa da Áustria

Quer conhecer a cidade mais charmosa da Áustria?

Salzburg é a quarta maior cidade da Áustria, com aproximadamente 150 mil habitantes. Seu centro histórico é considerado Patrimônio Mundial da UNESCO desde 1996.Com vista para os Alpes, a cidade é cortada pelo Salzach e, dividida entre a Cidade Velha – Altstadt (medieval) e a Cidade Nova – Neustadt. Muitas torres de igreja, cúpulas imponentes, um lindíssimo forte medieval e uma cidade de arquitetura impecável, foi em Salzburg que Mozart nasceu e passou grande parte de sua vida – já te conto isso porque você vai ver a imagem de Mozart estampada em camisetas, chocolates e até patinhos de borracha (juro!).

Eu fui pelo menos 4 vezes para Salzburg, tenho amigos que moram lá, então nesse post vou te dar algumas informações básicas, além de dicas de passeios, cafés e restaurantes!

Ah, se a sua viagem inclui Viena no roteiro, tem um post completinho AQUI!

Foto: Benjamin Moser

O QUE TEM PRA FAZER?

CENTRO HISTÓRICO
A cidade é pequena, é possível visitar todo o Centro Histórico a pé – até porque em muitas ruas não é permitida a entrada de carros – mas, se prepare para subidas e descidas íngremes!

Se prepare para uma boa caminhada, pegue sua garrafinha de água e vamos lá, aqui os lugares que eu indico conhecer:

Rua Getreidegasse: lojinhas, restaurantes cafés na parte da Cidade Velha, um dos meus lugares favoritos para andar, ver a cidade e também um ótimo lugar para fazer compras e adquirir souvenires (vai ter Mozart pra todo lado, afinal foi nessa rua que ele nasceu). Preste atenção nos lindos letreiros em ferro na fachada das lojas. Dizem que tiveram origem na Idade Média, quando muitas pessoas não sabiam ler e uma linguagem simbólica era importante na comunicação.

Fortaleza de Hohensalzburg (aka Castelo): fica lá no alto da montanha, sendo o cartão postal da cidade. A fortaleza abriga o maior e mais bem preservado castelo da Europa Central. É aberto ao público, você pode subir pelas escadas ou por um bondinho (conselho: vai pelo bondinho! risos).

Dom Platz: praça onde fica o Palácio Residenz e a Catedral de Salzburg, fica próximo a Rua Getreidegasse, então quando estiver passeando por lá vale a pena dar uma esticadinha da praça. Um lugar legal para comer ou tomar um cafézin.

Catedral de Salzburg: a Catedral sinaliza o centro da Cidade Velha. Era uma igreja pequena que com o passar dos anos foi sendo ampliada e hoje é considerada a maior catedral romana dos países de língua alemã.

Rua Linzergasse: rua de pedestres com bastante comércio, onde fica a Igreja de São Sebastião.

Palácio Mirabell: fica na Cidade Nova, próximo a Rua Linzergasse. É gostoso passear por ali e apreciar seus lindos jardins. É bem turístico mas se for no verão ou primavera, vai poder curtir os lindos jardins e tirar belíssimas fotos. Ah, é bem famoso por ser um dos cenários do filme “A Noviça Rebelde”. Vale a pena!

 

APROVEITE PARA CURTIR A NATUREZA

Além dos pontos turísticos tradicionais, Salzburg tem mais encantos! Eu aconselho apreciar a natureza ao redor e curtir as montanhas, lagos e Alpes! Para quem gosta de esportes ao ar livre, é o destino perfeito! Tem muitas opções de escalada, trilha, ski e mountain bike!

Untersberg: montanha mais alta da região, um dos cartões postais da cidade. Para chegar, pode ir de carro ou de gôndola.

Gaisberg: mais uma montanha lindíssima para apreciar a vista de Salszburg, e olha só, muitas pessoas gostam de acampar durante o verão! Dá para ir de carro ou ônibus, a estrada é linda e vale o passeio <3

Lake Fuschl: lago super verde e belíssimo! Fica lotado durante o verão, onde o pessoal vai tomar sol, fazer piquenique e nadar no lago. Há milhares de anos atrás, era um Glacial e agora, congela aproximadamente 5 vezes por ano! Ou seja, é uma boa pedida para o verão e também para o inverno!

Lake Fuschl

GASTRONOMIA

A culinária da Aústria é reflexo da cozinha do Império Austro-Húngaro, com influências das cozinhas italiana, tcheca, húngara e judia. Os ingredientes mais importantes da culinária Austríaca são a carne do porco, a batata e a massa. Alguns pratos típicos que você deve experimentar é o famoso Wiener Schnitzel (como se fosse uma milanesa bem fininha, feito com bife de vitela), Knödel (parece um nhoque grandão com pedaços de presunto), Gulash (versão aústriaca do prato húngaro, carne ensopada com cebola), a Torta Sacher (massa de chocolate com recheio de damasco), o Apfelstrudel (strudel de maçã com um creme de baunilha delicioso!) e o meu preferido de todos: Leberkäse (um sanduíche com pedaço de presunto bem grosso e um toque de mostarda, parece simples falando mas é muito gostoso!).

 

ONDE COMER?

Nas ruas principais da Cidade Antiga, você vai ter uma oferta imensa de lugares oferecendo os pratos típicos. O Leberkäse, por exemplo, você encontra em cafés, ou até barquinhas em pontos turísticos, é uma comidinha de rua. Para o Apfelstrudel eu indico o Café Mozart, na rua principal (bem classicão) e para a Torta Sacher, o tradicional Sacher Café – que é quase uma viagem no tempo!

Mas se você quer fazer algo diferente, fugir dos lugares turísticos, vou deixar aqui a minha listinha de lugares gostosos e frequentados pelos locais!

Pauli Stubm Restaurant: comida aústriaca e muita cerveja! Atenção especial ao Kasnockn Deluxe <3

Pasta e Vino Restaurant: lugar pequeno e aconchegante, fica na Cidade Antiga e serve comida italiana bem tradicional – com massa fresca feita na casa.

Die Cabreras Restaurant: comida mexicana, margeritas, quesadillas e um lugar lindinho para passar uma noite gostosa tomando drinks!

Mentors Bar: onde os locais gostam de ir aos finais de semana, ótimos cocktails! Meus favoritos: Espresso Martini e Gin Basil Smash.

220 Grad: café de qualidade, lugar lindinho e gostoso! Perfeito para um brunch!

The heart of Joy Café: vegetariano e vegano, com deliciosas comidinhas, sobremesas e cafés.

Mozart Kugel: aquela atenção especial para o marzipan de chocolate!

 

HALLSTAT: UM PASSEIO QUE EU RECOMENDO (PERTINHO DE SALZBURG)

Alugue um carro e vá para Hallstat, um vilarejo que parece que saiu dos contos de fadas! É uma mini cidadezinha com  casas e ruelas do século XVI, que hoje em dia se transformaram em cafés e lojas. Tem um funicular que faz a ligação da Salzwelten, uma antiga mina de sal com um lago salgado subterrâneo, e a uma plataforma de observação sobre o lago.

No caminho, faça uma parada no lago Wolfgangsee – lá você curtir o dia no lago e também fazer Stand Up Paddle. Para quem gosta de aventuras, tem um ponto em que é possível escalar e pular no lago, é bem radical mas já vi bastante gente fazendo. Para os curiosos, procura o Red Bull Cliffdiving que teve por lá!

Hallstat

O QUE VOCÊ PRECISA SABER ANTES DE IR

QUANTO TEMPO FICAR?

É uma cidade pequena, porém tem muitos atrativos nos arrededores (lagos, cidades vizinhas). Se for visitar apenas Salzburg, acredito que 2 dias seja o ideal. Muitas pessoas fazem uma day trip (o famoso bate-volta) para Salzburg, ao visitar a Áustria. Mas é uma cidade muito charmosa e que merece um pouquinho mais de atenção e carinho.

COMO CHEGAR?

Você consegue chegar em Salzburg de carro, ônibus, trem ou avião. Ônibus (indico a Flix Bus) ou trem (gosto bastante da ÖBB). Tanto o ônibus como o trem são super confortáveis, com várias opções de horários e geralmente possuem  wi-fi para os passageiros. O aeroporto W. A. Mozart é bem pequeno, fica a apenas 20 minutos do centro mas possui voos de Viena, Munique, Londres e Paris.

O que eu fazia: chegava de avião em Munique ou Vienna e pegava trem (ou ônibus) até Salzburg (mais ou menos 1h30/2h00 de viagem), saia mais em conta do que pegar outro vôo.

TRANSPORTE

  • Salzburg é uma cidade pequena, se você for apenas turistar na Cidade Antiga, não tem necessidade de alugar carro – é possível fazer tudo a pé, até porque não é permitida a entrada de carros nessa parte da cidade. Para transitar entre a cidade antiga e a cidade nova, tem a opção de taxi, ônibus e também caminhadas – as distâncias não são longas.
  • Se viajar durante o verão, aconselho visitar os lagos ao redor da cidade. Para isso, a melhor forma seria alugando um carro ou contratando algum serviço de transfer.
  • Outro passeio que indico muito, é visitar a belíssima cidade Hallstat.
Foto: Benjamin Moser

Essas são minhas principais dicas, dessa cidade que tenho um carinho (e uma saudade) imensa! Se estiver planejando uma viagem para Salzburg, vá de coração aberto e aproveite cada cantinho!

Espero que tenha gostado do post :)

Beijo, beijo,